Riversul-SP
»
Terça-Feira, 24 de Outubro de 2017
  Bem-vindo ao nosso site!
   

 
A Câmara
Mesa de vereadores
Calendário de sessões
Sessões Ordinárias
Sessões Extraordinárias
Portal da Transparência
SIC (Serviço de informação ao cidadão)
Contas públicas
Galeria de fotos
Eventos
Legislação
Licitações e Editais
Fale conosco
 
 

 
Informativos
 
Câmara aprova projeto que dispõe sobre reforma de túmulos abandonados
20/06/2015


A Câmara Municipal de Riversul aprovou na última sessão ordinária de segunda-feira, 15 de junho, o Projeto de Lei n° 007/2015, que dispõe sobre a reforma de túmulos abandonados no cemitério e dá outras providências. 

“Gostaria de junto desse projeto encaminhar ofício ao Executivo que se vai fazer uma reforma, para que se coloque uma placa com o nome do cemitério, que é denominado “Papa João Paulo II”, pediu o vereador Reinaldo Leite de Camargo.

“Gostaria que seja informado isso para a população através de jornal, carros de som, etc. Porque se as famílias que têm parentes em túmulos em situações irregulares precisam ser avisadas, pois se não regularizarem os restos mortais serão engavetados e os espaços usados por outras pessoas. E essas famílias têm o direito de ter tempo hábil para se adequarem”, ressaltou Tarcisio Aparecido Bagatin.

Foi aprovado também o Projeto de Lei n° 008/2015, já com a emenda. O documento corresponde a Política Municipal de Atendimento dos Direitos da Criança e Adolescente e dá outras providências.

“A respeito das eleições do Conselho Tutelar que acontecem em todo o Brasil no dia 4 de outubro, acho que na parte psicológica tem de ser mais rigorosa, pois muitas pessoas fazem a prova só pelo salário e não estão preparadas para o serviço. Sendo assim peço que seja enviado um ofício ao prefeito para que tenha mais rigor na hora da aprovação após a prova escrita. Precisamos de pessoas capacitadas para cuidar de nossas crianças e adolescentes”, destacou o vereador Reinaldo L. de Camargo, que teve respaldo dos demais vereadores.

Os vereadores ainda aprovaram o Requerimento 04/2015, de autoria do vereador João Batista de Almeida Neto, o qual pede o recesso parlamentar  durante o mês de julho.

TRIBUNA LIVRE

“Encaminho requerimento pedindo informações a respeito do Plano Municipal da Educação (PME), pois o prazo para sua aprovação termina no dia 24 de junho e até agora o prefeito não nos enviou. Já falei com a secretária da Educação e ela disse que há mais ou menos um mês já enviou para o Executivo. Quase todos os municípios da região já aprovaram o PME e nós não vimos até agora o nosso. Por fim peço ainda providências quanto iluminação pública em nossa cidade. Na rua que desce o Mercado do Dito, o quarteirão está todo sem luz e os moradores pagam taxas de iluminação. Desde abril esse serviço é de responsabilidade da Prefeitura e quero saber se haverá melhorias ou não”, ressaltou o vereador João Batista de Almeida Neto

EXPLICAÇÃO PESSOAL

“Parabenizo o secretário de Cultura pelo II festival de musica sertaneja realizado no feriado de Corpus Christi. Sobre o Conselho Tutelar, no meu entendimento é que sejam pessoas interessadas de fato nas crianças para exercer a função. Tem que ter psicológico bom, pois o serviço não é fácil. Mexer com Assistência Social e Conselho Tutelar requer responsabilidade. Essa é uma função de formação dessas crianças que muitas vezes não tiveram isso em seus lares. Sobre a iluminação pública eu digo que muitas ruas da cidade estão escuras. Têm moradores que procuraram o prefeito e ouviram ele dizer que o orçamento já se esgotou, como que pode isso em pouco tempo? Já no caso do PME que ele mande o projeto para gente, que vamos ajudar no que pudermos. Entraremos em recesso, mas para um projeto como esse podemos votar em sessão extra”, disse o vereador Miguel Ferriel Munhoz.

 

“Informo que foi aprovado pelo CDHU o terreno para a construção de 200 casas em nosso município. Graças a Deus uma notícia boa, é um passo importante”, informou o vereador Roberto Bernardo Ferreira.




» Índice completo
Câmara Municipal de Riversul-SP - Fone/Fax: (15) 3571-1235 - by Cpwm-Comunicação